Isaque Pinheiro | Última Conversa

A onda de frio polar não espantou as pessoas, juntou-nos na sala da Velha-a-Branca para que seguíssemos o fio da meada de mais de dez anos de uma vida artística. Escutámos o Isaque Pinheiro, enquanto nos conduzia pela sua obra, que inclui ter fundado o Maus Hábitos, onde esteve até 2006. Ficámos a saber que ele sempre soube, desde criança, que queria ser artista, que sempre documentou o que fez, que não é obcecado com a erudição. Confirmámos o seu à-vontade com os materiais, com materiais diferentes, e um certo sentido de humor, que não tem a ver com comédia, é antes um olhar irónico que parece erguer-se em alguns trabalhos. Ficaríamos até mais tarde quando já a conversa se espalhara às mesas, não fosse o tempo algo que avança, inexoravelmente, sempre na mesma direcção, por mais que revisitemos a memória na direcção contrária.

Escutar esta Conversa no SoundCloud.

Álbum desta Conversa no Flickr.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: