Resumo da Conversa no Tanque com João Pedro Vaz

Nesta conversa, falámos sobre o projecto cultural Comédias do Minho e sobre a importância que ganhou a partir de 2007 para a região em que actua, tornando-se muito mais do que uma companhia de teatro. Percebemos que aquele é um modelo que pode ser adaptado a outras zonas do país e que, chegados a 2011, nem os actores trocariam esta experiência por outra, mais convencional, nem as populações querem que as Comédias se vão embora. Falámos sobre o grande e consistente envolvimento dos habitantes dos cinco municípios abrangidos, um dos aspectos que destacam este projecto de criação artística como um caso a estudar, e a partir do qual se podem obter pistas para um dos caminhos, sustentáveis e sólidos, que pode tomar a vida cultural do país.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: